ads-post


Terapia Ocupacional é a profissão que trata das disfunções ocupacionais através de atividades específicas, visando a (re) inserção do indivíduo em suas atividades de vida diária, profissionais e práticas.

Para isso, atua sobre síndromes, doenças e disfunções ortopédicas, neurológicas, sensoriais e cognitivas.

A Terapia Ocupacional atua sobre todas as disfunções, congênitas ou adquiridas, que acometam o indivíduo em suas atividades ocupacionais, como síndromes, doenças e disfunções ortopédicas, neurológicas, sensoriais e cognitivas. Dentre estas estão:

– Acidentes Vasculares Encefálicos (derrames);

– Doenças Ocupacionais/ Lesões por esforços repetitivos (LER);

– Amputações;

– Traumatismos;

– Atrasos e alterações do desenvolvimento infantil como síndromes, Autismo, Paralisia Cerebral;

– Dificuldades de aprendizagem;

– Doença de Parkinson;

– Mal de Alzheimer, entre outras.

Após avaliar o paciente, suas habilidades e limitações, estabelece um plano de tratamento reabilitador objetivando o restabelecimento ou diminuição da influência de seu quadro em suas capacidades funcionais.

Para isso, utiliza exercícios, técnicas e atividades específicas, estruturadas e avaliadas para cada caso. Também, atua utilizando adaptações ambientais, confeccionando órteses e realizando treino de atividades.


Descrição Sumária

Realiza intervenções e tratamento de pacientes e clientes utilizando procedimentos específicos de terapia ocupacional e ortóptica. Avaliam funções e atividades; analisam condições dos pacientes e clientes; Realizam diagnósticos. Atuam na orientação de pacientes, clientes, familiares, cuidadores e responsáveis. Desenvolvem, ainda, programas de prevenção, promoção de saúde e qualidade de vida.

Classificação Brasileira de Ocupações - CBO
2209-05


Fonte: Coopeder




Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.